Acompanhe o nosso blog e fique por dentro das nossas novidades e atualizações do mundo da tecnologia!

Conheça o TinkerBots, um incrível kit de construção de robôs



No mundo dos brinquedos de hoje, conjuntos de construção robótica evoluíram para algo mais elaborado, e por um bom motivo – eles são demais. Mas em um mundo em que o Lego Mindstorms reina, nada conseguiu combinar função, apelo universal e diversão como os TinkerBots. Eles podem o novo brinquedo favorito dos seus filhos – e, por que não, seu também.


Lançado oficialmente hoje através de uma campanha no Indiegogo, o conceito dos TinkerBots está sendo desenvolvido desde 2009, quando um dos co-fundadores da empresa recebeu uma tarefa um tanto inusitada. Leo Oschütz foi instruído a construir uma “máquina dos sonhos” enquanto estudava design de produtos na Universidade Bauhaus, na Alemanha. Sendo um devoto dos blocos de Lego, Oschütz não queria apenas construir sonhos para outras pessoas; ele queria dar a elas as ferramentas necessárias para criar seus próprios sonhos. E após brincar um pouco com o fruto do seu trabalho, nós podemos dizer que os TinkerBots chegam muito perto disso.



A peça central de cada conjunto Tinkerbots é um cubo vermelho de 2,5cm chamado de Power Brain que funciona como um cérebro. Cada um deles conta com uma bateria, um microcontrolador Arduino, módulo Bluetooth, acelerômetro e porta USB. É muita tecnologia para um brinquedo que teoricamente tem como público-alvo crianças a partir dos cinco anos, mas é esse o ponto principal deles. Afinal, crianças hoje em dia precisam ser expostas a conceitos de ciência, tecnologia, engenharia e matemática o mais cedo possível. O TinkerBots consegue divertir enquanto esconde o fato de que está ensinando algo.


Cada peça central conta com uma gama de módulos cinéticos que podem executar diversos movimentos. Você pode, por exemplo, colocar um eixo no módulo de motor, prender algumas rodas e pronto – mobilidade instantânea. Ou você pode conectar um módulo de garra, se quiser um robô mais bacana.

Também há a opção de adicionar sensores de distância e luz para dar aos robôs a capacidade de interagir com o ambiente. Assim, você consegue montar um carro que consegue evitar colisões, ou um amigo animal mecânico que segue a luz de uma lanterna.

Mas é claro, funcionalidades são apenas uma parte do TinkerBots. Um dos principais desafios de outros sistemas robóticos modulares é a limitação imensa no departamento de design. Você pode construir todas as coisas, mas elas acabam ficando sempre parecidas, ou, ao menos, ficam com a mesma cara de protótipo – não é o caso aqui. Além dos blocos funcionais, os TinkerBots oferecem também um conjunto de blocos passivos decorativos para personalizar as suas visões robóticas (e além disso os blocos já são bastante coloridos). A melhor parte? Ele vem até com adaptadores para Lego.